Ossos, memória. E resistência

Reticentes, tomamos um tuk-tuk rumo à periferia de Pnhom Pehn, capital do Camboja.  Choeung Ek é hoje um tranquilo jardim em cujo centro está uma estupa  – construção budista em forma de torre, usada aqui para guardar restos mortais, geralmente cremados. Nesta, 8 mil crânios repousam organizados lado a lado, categorizados pelo tipo de golpe…

Read More

Sorriem, os cambojanos

Da garupa da moto vimos a luz do Camboja pela primeira vez. Vínhamos da fronteira com o Vietnã bem ao Sul e buscávamos o litoral. O sol quente ia atravessando aqueles campos planos e nos permitiam admirar paisagens distantes. Por perto, nos lagos, os búfalos refrescavam seus corpos de pedra, e a terra esperava mais…

Read More