Everest – Final – Pegadas sherpas

A noite cai e as cadeiras vão logo pousar ao redor do aquecedor. O cheiro do chá de gengibre preenche o ar enquanto as cartas de baralho são distribuídas sobre a mesa ao som de risadas e histórias de viagem. A empolgação é imensa, mas olhares discretos ao lado deixam escapar a preocupação sobre os…

Read More

Everest – Parte III – O caminho

O dia em Namche é de aclimatação. O ar fica cada vez mais rarefeito à medida que se sobe e é preciso dar tempo ao corpo para adaptação: o ritmo da respiração se ajusta, assim como as células que carregam oxigênio no sangue. Para isso, ao invés de ficarmos parados, subimos até 3800m, a altura…

Read More

Everest – Parte II – O vale Khumbu

A curta noite foi permeada com ansiedade. Equipamento checado e rechecado mil vezes, mochilas arrumadas, passaportes. Partimos às 5h para o caótico terminal aéreo doméstico de Kathmandu e nos posicionamos na fila do que parecia a entrada dos fundos – ou uma organização secreta de viajantes dispostos a embarcar no minúsculo avião que nos levaria…

Read More

Expedição Everest – Prólogo

Nossos olhares distantes ao decolarmos em Delhi revelavam certo alívio. Os trinta dias pela Índia foram muito interessantes, mas difíceis e cansativos. O voo para o Nepal era a resposta para a necessidade de um pouco de ar puro e silêncio. Não na forma da capital Catmandu, caótica e barulhenta, mas das montanhas. O intenso…

Read More

Curioso Irã

Ao comentar que passamos pelo Irã ouvimos sempre alguma exclamação: “Nossa, o Irã!”; “Mas é perigoso!”; “Gostou?!”. Estas e tantas outras são justificadas: falta informação sobre como é a vida por lá, sobre como as pessoas se comportam com os estrangeiros, sobre quão repressivo é o Estado com relação aos turistas, sobre o que tem…

Read More

Irã, good?

Os iranianos são tão simpáticos quanto curiosos. Percebemos, aliás, que tem uma pequena lista de perguntas que se repetem invariavelmente! Era comum ser parado na rua, ouvir uma dessas questões, responder, e se despedir imediatamente. Seria este um ritual estatístico? O que o cara ganha em saber que chegou mais um turista sabe Alah de…

Read More

Isfahan: a pérola (seca) da Pérsia

Em qualquer ponto de Isfahan é possível comprar guias de viagem e cartões postais totalmente inválidos. Vazios de presente. Comprovamos: não é por pouco que a cidade é conhecida como “a pérola” do Irã ou “metade do mundo” – um poeta francês no século XVI garantiu que viu a metade da beleza do planeta por…

Read More

Teerã: no Irã, e em casa

Sujeira, congestionamentos, barulho que beira o insuportável. Características que se aplicam a megacidades do mundo inteiro. Com Teerã não é diferente. Então, o que há de especial na capital do Irã? Minha primeira hipótese diz respeito a nós mesmos e àqueles preconceitos e desinformações que persistem, por mais que a gente leia sobre certo lugar….

Read More

No Irã há 1 hora

Não havia lugares vagos no trem semanal que sai de Ankara, da Turquia, para Tabriz, no Irã. Portanto, quando chegamos à fronteira a viagem fácil já tinha se transformado em mais de 12h em um ônibus, uma madrugada no chão da rodoviária, uma incursão no mundo dos pastores de ovelhas, outro ônibus, um carro superlotado…

Read More

De Istambul para o Oriente

A maior cidade turca, Istambul, está geograficamente dividida: Ocidente e Oriente, Leste e Oeste, Europa e Ásia. É como se o Estreito de Bósforo anunciasse uma diferença que não se pode ver. Como se as pontes indicassem o caminho para o outro lado do mundo, aquele que não é o nosso. Tivemos uma estadia marcada…

Read More